Quer aprender com quem já
passou pelo que você está passando?

Quer aprender com quem já
passou pelo que você está passando?

Sequelas da trombose, já ouviu falar?

WhatsApp Image 2021-06-05 at 11.55.43 (1)

Sequelas da trombose, já ouviu falar?

É importante compreender que as sequelas de uma trombose venosa profunda (TVP) podem variar amplamente de pessoa para pessoa, dependendo de vários fatores, incluindo a extensão da trombose, o tratamento recebido e a condição geral de saúde do paciente. Neste artigo, abordaremos algumas das sequelas mais comuns associadas à TVP, com base no meu caso específico de TVP na veia femoral esquerda, complicada pela presença de trombofilia e Síndrome de Cockett.

Sequelas Comuns de uma TVP:

  1. Aumento do volume do membro afetado: Após a fase aguda da trombose venosa profunda, é comum que o inchaço, ou edema, não regresse completamente. O membro afetado pode permanecer com um aumento permanente de volume. No meu caso, a diferença de tamanho entre as duas pernas é de cerca de 4 cm.
  2. Sensação de cansaço e peso nas pernas: Muitas pessoas com sequelas de TVP relatam uma sensação de cansaço nas pernas, frequentemente agravada ao final do dia. Isso pode afetar a qualidade de vida e a capacidade de realizar atividades diárias. O uso de meias de compressão pode ser benéfico para aliviar esses sintomas. Conheça as Meias MARA®.
  3. Aparecimento de varizes: As varizes são veias dilatadas e tortuosas que podem se desenvolver como resultado de uma TVP. Elas variam em tamanho e podem ir desde pequenas veias visíveis na superfície da pele (telangiectasias) até varizes de maior calibre. A presença de varizes é uma das sequelas comuns da TVP.
  4. Pigmentação escura da pele: A pigmentação escura da pele, especialmente na região do tornozelo, é outra sequela comum. Isso pode ser resultado de alterações na circulação sanguínea e, muitas vezes, torna a pele mais suscetível a infecções e traumatismos. No meu caso essa pigmentação é visível no meu tornozelo e pé.
  5. Manifestações cutâneas: Além da pigmentação escura, outras manifestações cutâneas, como eczema e fibrose, podem ocorrer. Essas condições tornam a pele gradualmente mais frágil e podem ser um fator de risco para infecções.
  6. Ulceração da pele: Em casos mais graves, pode ocorrer a formação de úlceras na pele, geralmente na região do tornozelo. A cicatrização dessas úlceras pode ser lenta e depende da adesão do paciente aos tratamentos prescritos.

Essas manifestações clínicas, quando presentes, são frequentemente referidas como Síndrome Pós-Trombótica (SPT) e geralmente se desenvolvem nos meses seguintes a uma TVP. É importante salientar que a gravidade e a extensão das sequelas variam entre os indivíduos. O tratamento da SPT envolve frequentemente a gestão dos sintomas, como o uso de meias de compressão, juntamente com medidas para melhorar a circulação sanguínea e prevenir complicações adicionais.

No caso de qualquer sintoma ou sinal que indique complicações após uma TVP, é crucial procurar atendimento médico para avaliação e tratamento adequados. A prevenção da trombose, quando possível, é fundamental para evitar sequelas potencialmente debilitantes. Consulte seu médico regularmente e siga as orientações para gerenciar os riscos de TVP e suas sequelas.

Então, essas são as possíveis sequelas físicas após a trombose, mas agora lançarei a seguinte pergunta para você refletir: já parou para pensar sobre os aspectos psico/sociais e emocionais que a trombose modificou na sua vida? Acha importante falarmos sobre isso?

Acredito que você também irá amar os conteúdos da Jornada Vida & Trombose.

Bjos no coração e se cuide!

Thalita MARA

6 respostas

  1. atualmente os efeitos na minha saúde mental tem sido maiores agravantes pós trombose. Estou fazendo tratamento psiquiátrico e uso de medicamentos. Aguardando vaga para retornar a terapia. Mas o sentimento de incapacidade e limitações principalmente agora na pandemia são terríveis. Só queria a minha vida de volta.

    1. Sim! As sequelas não são somente físicas, pois mexe com tudo e principalmente com a mente. Um tratamento psicológico junto com a medicação e uso das meias fazem toda a diferença para vivermos melhores após a trombose.

  2. Olá boa tarde
    Infelizmente fiquei com sequela síndrome pós trombotica na perna direita. Já tive 2 tromboses na mesma perna.
    Força , coragem e fé ❤️❤️❤️
    Beijinhos

    1. Olá, tbm fiquei com sequelas e aprendi a olhar para ela com outros olhos. O dá fé, amor e esperança.
      Pois tivemos uma segunda chance e devemos aproveita-la s2

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *