Quer aprender com quem já
passou pelo que você está passando?

Quer aprender com quem já
passou pelo que você está passando?

Varizes pélvicas, já ouviu falar?

Imagem representando varizes pélvicas diagnosticadas em Thalita Mara. As varizes, dilatações anormais das veias na região pélvica.

Varizes pélvicas, já ouviu falar?

Conhecendo as Varizes Pélvicas

Muitas pessoas desconhecem o que são varizes pélvicas, até que uma condição como a trombose as coloque no radar. Varizes pélvicas são veias dilatadas que surgem principalmente ao redor do útero, das trompas e dos ovários.

Sintomas das Varizes Pélvicas

É importante entender os sintomas das varizes pélvicas, que podem incluir:

  • Dor abdominal crônica e na região pélvica.
  • Desconforto durante e após o contato íntimo.
  • Varizes visíveis nas coxas, nádegas ou vagina.
  • Sensação de peso na região íntima.
  • Incontinência urinária.
  • Sangramento intenso durante o período menstrual.

Consultando o Profissional Adequado

Se você suspeitar de varizes pélvicas, é essencial procurar ajuda médica. Embora essa condição não tenha cura definitiva, os sintomas podem ser controlados por meio de medicamentos e, se necessário, com procedimentos cirúrgicos.

Diagnóstico e Colaboração Médica

O diagnóstico geralmente é feito por meio de ultrassom transvaginal. Aqui, é crucial destacar a importância da colaboração entre o ginecologista e o médico vascular, pois ambos desempenham papéis fundamentais no gerenciamento das varizes pélvicas.

Lidando com Varizes Pélvicas

As varizes pélvicas são uma condição médica que merece atenção, especialmente se você experimentar os sintomas mencionados. Embora não haja uma cura definitiva, existem opções de tratamento que podem melhorar sua qualidade de vida. Consulte um médico especializado e siga as orientações para gerenciar essa condição de forma eficaz. Lembre-se de que você não está sozinha nessa jornada, e a colaboração médica é fundamental para o seu bem-estar.

E aí, você já tinha ouvido falar desse tipo de varizes?

Me conta aqui nos comentários e compartilhe.

Ahhh quer ter mais e mais informações sobre a Vida & Trombose?? Participe comigo da Jornada!

Beijos.

Thalita Mara

2 respostas

  1. Eu tenho varizes pélvicas, sempre tive e nunca me falaram o quão perigoso era … e as dores , os sangramentos enfim .. sempre ignorados pela negligência médica. Somente após quase morrer e perder meu filho que descobri a trombofilia, e o risco aumentado pra eventos trombóticos. Mas tudo através de amigas e pesquisas. Infelizmente os médicos não tratam com a devida atenção que deveriam …

    1. Nossa Lisandra! Não é fácil né? Por isso sigo esse propósito de levar informações ao máximo de pessoas que eu conseguir. Um beijo e obrigada por compartilhar sua história com a gente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *