Quer aprender com quem já
passou pelo que você está passando?

Quer aprender com quem já
passou pelo que você está passando?

Qual o seu tipo de trombofilia? Vou te contar sobre o meu tipo…

FOTO

Qual o seu tipo de trombofilia? Vou te contar sobre o meu tipo…

Fator V de Leiden: Uma Descoberta Crucial na Trombose Venosa Profunda

Em 1994, um marco importante na pesquisa médica aconteceu com a descoberta do “Fator V de Leiden”, que se revelou como o fator de risco genético mais significativo para a trombose venosa profunda. Esta condição hereditária, tem um profundo impacto no sistema de coagulação sanguínea. Este artigo explora o Fator V de Leiden e sua relação com a trombose, destacando sua influência nas complicações trombóticas, bem como sua associação com eventos incomuns, como restrição do crescimento intrauterino e abortos.

O Fator V de Leiden: Uma Descoberta Fundamental

O Fator V de Leiden é uma mutação genética que afeta diretamente o sistema de coagulação sanguínea. Em sua forma ativada, ele interfere na ação da proteína C, que desempenha um papel vital na regulação da coagulação.

Amplas Implicações Clínicas

Além de afetar as vias comuns de eventos trombóticos, o Fator V de Leiden também pode causar trombose em locais incomuns do sistema arterial e venoso. Uma das implicações mais preocupantes é sua associação com a restrição do crescimento intrauterino e abortos.

Promovendo a Informação para a Prevenção

A mensagem central deste artigo é clara: a informação é a chave para a prevenção. Encorajo os leitores a questionar, pesquisar e dialogar com seus médicos sobre a trombofilia, visando à detecção precoce e à adoção de medidas preventivas.

Conclusão

A descoberta do Fator V de Leiden representou um avanço importante no entendimento da trombose e suas causas genéticas. É fundamental que essa informação seja compartilhada e discutida, para que as pessoas possam tomar medidas proativas em relação à sua saúde e evitar complicações potencialmente graves. A conscientização sobre a trombofilia e o Fator V de Leiden é um passo fundamental em direção à prevenção de eventos trombóticos e ao cuidado com a saúde.

Acredito que você também irá se interessar pelos conteúdos da Jornada Vida & Trombose.

Informação gera prevenção!!

Me conte nos comentários, já tinha ouvido falar sobre trombofilia? Como descobriu a sua? Conhece alguém que tenha essa condição?

Um beijo.

Thalita Mara

2 respostas

  1. Oi. Descobri a Trombofilia em 2006. Fiz icsi em 2009 e engravidei natural em 2011. Tomei anticoagulante durante a gravidez toda, mas com 37 dias de puerpério descobri a trombose…
    Tenho fator V de Leyden, Proteína S, Proteína C e FAN…
    Tomarei anticoagulante pro resto da vida. ..
    Só queria achar umas meias bonitas como a sua. Bj

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *